Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

> Juntando os cacos

Imagem
O ano está chegando ao final. Entre trancos e barrancos também cheguei e, claro, pretendo continuar. Confesso que foi uma corrida difícil, encontrei vários obstáculos pelos caminhos percorridos.
Foram muitos tombos e escorregões, e nesse embate, saí com algumas escoriações, - mas, a bem da verdade, - foram feridas de certa forma leves, nada muito serio. Também nessa corrida, entrei em choque com pessoas muito próximas, feri e saí ferido, magoei e saí magoado. Falei muito quando precisava calar e, muitas vezes calei na hora que podia até gritar. Olhando um pouco lá no início, me comparo a um vaso de barro que caiu de seu pedestal e quebrou-se aos olhos de várias pessoas no momento da queda.
Olhando um pouco mais atento, percebo que tem muita pessoas tentando de alguma forma reagrupar os cacos que restaram para reconstruir um novo vaso um pouco mais resistente às intempéries do tempo. Àqueles que estão tentando, o meu muito obrigado!!

> A quem recorrer... ?

Imagem
...com certeza não haverá este sorriso.




Não sei se outros estados da Federação têm o mesmo problema
Revolta, esse é o sentimento de quem necessita entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da Telefônica. (10315). A incompetência se instalou ali de tal maneira que não tem como fugir. O atendimento é de péssima qualidade. na primeira tentativa você fica no mínimo uns seis minutos aguardando para ouvir uma voz que não seja uma gravação. Enquanto aguardamos, somos obrigados ouvir, uma musiquinha de mau gosto que é tocada. Aí vem um atendente e pede pra você aguardar. E dá lhe musiquinha no nosso ouvido que a esta altura já está quente de tanto segurar o aparelho. Quando, você acha que tudo caminha para um desenrolar satisfatório, – depois de ter explicado, – para que o seu problema seja resolvido a conexão é interrompida. Na verdade o atendente desliga por não saber como proceder. Me convença do contrário!! Nessa altura já se passaram uns 18 minutos. (tum, tum, tum, tum). O …

> É Natal

Antes, quero desejar a todos os leitores e visitantes que mesmo não deixando um comentário passa por aqui: UM FELIZ NATAL!!
Está chegando o Natal, hoje, muito mais uma data para alavancar o comércio e menos para festejar o verdadeiro aniversariante. Nem sempre foi assim. Enquanto os comerciantes comemoram o aumento das vendas ou lamentam o fracasso somente aqueles que realmente acreditam no Criador comemoram seu nascimento. Ele que deve ser o grande homenageado do dia. Também é um momento de reflexão, ao olharmos ao nosso lado podemos perceber pessoas passando fome enquanto uma minoria privilegiada esbanja nos gastos, principalmente, nessa época do ano. Fica aqui meu protesto

> Não mudaram nem as moscas

Um dos fenômenos mais interessante deste país, no momento, é a violência com que adeptos do atual Governo Federal se referem ao anterior, e vice-versa. É “apedeuta” (ignorante) pra cá, “sociologozinho de (...)” pra lá, e nem parece que quem xinga hoje está entre os xingados de ontem. É como falar da mãe do irmão.* * *
Não, não é farinha do mesmo saco: é a mesma farinha. Nelson Jobim foi ministro de Fernando Henrique, é ministro de Lula; foi líder do Governo Fernando Henrique no Supremo, foi líder no Supremo do Governo Lula. Renan Calheiros foi ministro de Fernando Henrique e é importante aliado de Lula; Romero Jucá foi líder no Senado de Fernando Henrique e é líder de Lula no Senado. Ricardo Barros, o malufista, foi líder de Fernando Henrique na Câmara, e hoje é Lula desde criancinha. O senador Romeu Tuma era do PFL, (que fique bem entendido, era) fechado com Fernando Henrique, hoje é do PTB, não menos fechado com Lula. Sarney não conta, que da ultima vez em que fez oposição o presiden…

> Justiça em xeque

Imagem
Pensando bem o título acima também poderia ser, 'Justitiça em dinheiro'. O Brasil é o país dos escândalos. Em matéria de corrupção perde apenas para a Rússia. Se já não bastasse a roubalheira que se verifica em vários setores da economia, temos que aturar altas autoridades envolvidas. É o caso do Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, desembargador Frederico Guilherme Pimentel e outros seis presos na Operação Naufrágio da Polícia Federal que desmantelou um esquema de venda de sentença comandado pelo magistrado e seus familiares. Do grupo, faz parte dois outros desembargadores, um juiz, dois advogados e a diretora de Distribuição do tribunal, Débora Sarcinelli. Como vemos não são pessoas comuns, elas deveriam zelar pelo cumprimento das leis.
Ironia
No dia em que foi preso o Presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Frederico Guilherme Pimentel, receberia uma medalha da Associação do Ministério Público do Estado do Espírito Santo po…

>O pic nic das tartarugas

Imagem
Uma família de tartarugas decidiu sair para um piquenique.  Como sabemos, as tartarugas, sendo naturalmente lentas, levaram 07 dias preparando-se para o passeio. Passados 06 dias após acharem o lugar ideal, ao desembalarem a cesta de piquenique descobriram que estavam sem sal. Então, designaram a tartaruga mais nova para voltar em casa e pegar o sal, por ser a mais rápida. A pequena tartaruga lamentou, chorou e esperneou. Concordou em ir, mas com uma condição: que ninguém comeria até que ela retornasse. Três dias se passaram... cinco, seis dias... E a pequenina não tinha retornado. Ao sétimo dia de sua ausência, a tartaruga mais velha já não suportando mais a fome, reuniu a turma e decidiu desembalar um sanduíche. Nesta hora, a pequena tartaruga saiu de trás de uma árvore e gritou:- Viu? Eu sabia que vocês não iam me esperar. Agora que eu não vou mesmo buscar o sal. Na nossa vida as coisas acontecem mais ou menos da mesma forma. Desperdiçamos nosso tempo esperando que as pessoas vivam…