Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

>Dançando nos jardins do hospital

Imagem
Duas caixas de som instaladas no jardim do Hospital Psiquiátrico Dr. Cândido Ferreira, no distrito de Souzas, delas saiam uma música e lá estava ele, um senhor, de cabelos brancos que esbanjava energia dançando no jardim desenvolvendo uma bela coreografia entre os pés de jabuticabas que povoam o espaço.  Naquele momento me veio à lembrança de um filme do cinema americano dos anos 50, com Gene Kelly, em um de seus trabalhos mais conhecido, verdadeiro clássico dos musicais, “Cantando na Chuva”, do qual também foi diretor.
De repente aparece uma moça para compor a cena. Peguei uma câmera improvisada e comecei a filmar aquela bela demonstração de dança ao ar livre, como livre deve ser a vida. Ao termino fui cumprimentar o casal pela bela apresentação que eu acabara de assistir. O senhor descrito acima se chama Petrus Schoenmaker, 68 anos, um holandês radicado no Brasil que ensina dança de roda e de salão para crianças, jovens e adultos que se interessar pelos passos mágicos da arte de danç…

>Entrevista

Imagem
Entrevista para o blog Ô Trocyn Bão

O Thiago do blog Ô Trocyn Bão – Entrevista, lançou há alguns dias uma página dedicada a um bate papo com alguns blogueiros, não sei o que deu na cabeça dele que resolveu me convidar para participar desse projeto. Mandou-me algumas perguntas e estou respondendo aqui com a maior sinceridade possível. Claro que não deixei de cutucá-lo também, veja no final.

P. Seu nome? R. J Araújo

P. Se pudesse escolher seu nome qual seria? R. Ah, seria José Marcos de Araújo

P. Gosta de ler? Indique um livro: R. para indicar um livro acho pouco, vou indicar logo três: o primeiro deles indico a Bíblia, é o livro mais fascinante que alguém pode ler. O mais interessante é entender, crer e obedecer. Vale a pena! Depois leiam “O poder e a lei” li esse por indicação da minha filha,  leiam também, Os segredos do Pai nosso do escritor Augusto Cury.

P. Uma data importante: R. cara, uma data importante pra mim é 11/01/1953, porque foi nesse dia que nasci. Mas, para estragar …

>Os envolvidos preferiram se calarem

Imagem
Campinas foi abalada pelo maior escândalo político de sua história que comprometeu a administração do ex-prefeito Helio de Oliveira Santos, com o envolvimento de vários membros do primeiro escalão da prefeitura, incluindo aí sua mulher Rosely Nanssim Jorge Santos, que à época dos fatos ocupava a Chefia de Gabinete. A mesma foi acusada pelo GAECO, (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado, tendo como chefe da máfia que tinha o controle das licitações e as usavam para cobrança de propina. Já se passaram quase dois anos que a sociedade campineira ficou escandalizada com as falcatruas que ficaram conhecidas como o caso sanasa que veio a tona.  
Quando da eleição do Dr. Helio, os cidadãos se encheram de esperança com o discurso fácil que prometia um grande desenvolvimento para a cidade com justiça social que atendia os anseios da população. Os primeiros quatro anos foram de uma administração que impôs um ritmo há muito que a cidade não via acontecer, tanto é que a reeleiçã…

>Uma “lei que limita e restringe as investigações

Imagem
O dia de ontem foi marcado por manifestações em várias capitais brasileiras e cidades do interior contra a aprovação pela Câmara dos Deputados da PEC 37 (Proposta de Emenda Constitucional), que tira todo o poder do MP(Ministério Público) de fazer investigações, deixando, a tarefa exclusivamente para as polícias civis nos estados e à PF (Polícia Federal).  

No próximo dia 24, está programado um ato público em Brasília com a entrega de um abaixo-assinado que foi recolhido em todo Brasil contra a aprovação da emenda, que será entregue na Câmara dos Deputados.
A medida tem como objetivo dos procuradores e promotores é desencadear uma grande mobilização e chamar a atenção da sociedade civil para o fato de que com as limitações a atuação do MP significa um grande retrocesso.  O procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Carlos Andre Mariani Bittencourt, disse que a perda de eficiência é favorecer a impunidade. E continuou: essas limitações vão reduzir a eficiência no combate ao crime. “A a…

Dilma, e o salário minimo

Imagem
Durante muitos anos vigorou o Salário Mínimo Regional, com valores diferentes para cada região e/ou sub-região do País de acordo com as características e peculiaridades de cada local. Quando foi instituído, eram 14 Salários mínimos diferentes, chegando a 38 valores distintos em 1963. Em 1974 foram reduzidos a apenas cinco, caindo para três Salários mínimos regionais em 1983.Em maio de 1984 o valor foi unificado, passando para Salário Mínimo Nacional, situação que permanece até hoje. E olha que está difícil sobreviver com esse valor ridículo, que diga quem pelo menos tenta.
Mas na verdade, a estrela do momento não é nenhuma autoridade, não é político, não é artista de cinema nem de televisão, nem trabalhador, se ganha salário mínimo pior ainda,  na verdade nem gente ele é. Está na mídia mais que político em época de campanha eleitoral.  Estou falando de sua excelência o tomate, que uns dizem que é fruto, outros discorda. Se não é fruta é legume, se não é legume é fruta. O certo é que o …

>Identidade perdida

Imagem
Li um artigo em um jornal falando sobre pessoas que perambulam pelas ruas dos grandes centros urbanos, são gente que foram esquecidas pela sociedade.  O jornal citava o exemplo de um senhor que havia falecido em novembro do ano passado às margens de um córrego de uma grande avenida da cidade.  Esse senhor desconhecido pelas autoridades, após sua morte, o cadáver foi recolhido e encaminhado para o necrotério municipal a espera que alguém reclamasse, passados seis meses não apareceu ninguém que se interessasse pelo mesmo.  Foi sepultado como indigente devido à falta de documentos de identificação, no cemitério, não havia quem chorasse sua falta, como acontece na maioria dos enterros de pessoas que arrastam dezenas, às vezes centenas de acompanhantes para despedida.
No lugar onde deveria constar um nome, apenas a palavra desconhecido, aparece uma cova rasa sem flores e nada para indicar que ali também tem um ser humano que nasceu, viveu e morreu sem deixar nenhuma história escrita. Segund…