01 junho 2013

>A farra com nosso dinheiro

No início da semana li na grande imprensa uma noticia que me chamou atenção.  Não estamos atravessando uma crise financeira, mas também não estamos nadando em dinheiro. A dívida interna do Brasil está nas nuvens, cerca de 2, 14 trilhões de reais, 900 bilhões serão gastos somente com o “pagamento de juros”. Como se vê não estamos com essa corda toda. Porém, mais uma vez o governo da Presidente Dilma Rousseff, não sabemos se chamamos de popular, ou populista, pra fazer média, acaba de perdoar uma dívida de aproximadamente 2 bilhões de dólares de 12 países africanos. 

Enquanto isso deixa centenas de pessoas passando fome no Nordeste, tudo para ajudar outros países, ninguém esquece os 150 milhões de dólares enviados a Cuba para modernizar aeroportos lá, enquanto convivemos com os cortes no orçamento da saúde, educação, e outros. O Brasil carente de infraestrutura e vários setores estão, precisando de dinheiro para investimento, na maioria das vezes o governo diz não ter.  Com esse gesto, a presidente, quer se passar como governante de um país rico acorda presidente, ainda não somos. Estamos na lista dos países subdesenvolvidos. Quando chegarmos lá, podemos até pensar nisso!

Tem um famoso ditado que diz: “É pobre que come sardinha e quer arrotar camarão...”, enquanto isso tem muitos brasileiros vivendo em situação idêntica a de vários países africanos; sem água encanada, temos cidades sem a mínima infraestrutura; regiões isoladas que não tem nenhuma assistência do poder público, o esgoto corre a céu aberto aumentando consideravelmente a mortalidade infantil muito acima da média brasileira. Perdoar a dívida de outros povos com os impostos e taxas que pagamos fica fácil.

Será que isso não é um prenuncio para perdoar os cinco bilhões de dólares doados a ditadura cubana. No futuro, quando a Ilha for uma democracia pujante e, com laços estreitos com os EUA, os estudantes serão esclarecidos que a desgraça que vivera seus avós foi culpa dos bajuladores internacionais que financiaram a excrescência comunista da ilha. Em seguida sairá em ônibus com ar-condicionado para visitar o museu dos horrores, único lugar onde haverá lembranças do assassino Fidel, Raul, Lola, Chaves...

Como a presidente pode ter direito de usar nosso dinheiro, (do povo) para fazer caridade, quando na verdade tem cidades que não tem sequer um hospital ou Pronto Socorro tem gente morrendo em fila de a procura de atendimento médico. Não se esqueça de presidente de onde vieram os votos que te levou a ocupar o Palácio do Planalto, não foi de nenhum país da África. 

O dinheiro daqui deve ser aplicado aqui.  E outra coisa, o continente africano possui os governos e respectivos lideres mais corruptos do planeta, enquanto a maioria morre de fome, eles vivem em seus palácios exibindo para o mundo e vangloriando da quantidade de mulheres que tem para servi-los. O governo que desejar realmente ajudar os países africanos deve somente fazer de investimentos, através de empresas que desejam se instalar naqueles naquele continente. Que o dinheiro jamais passe pelas mãos dos governos, mas que seja administrado diretamente pelo investidor.

Mas essa não é a primeira vez que o governo brasileiro perdoa dívidas de outros países. Veja a lista.
*Em 2010, os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e de Moçambique, Joaquim Alberto Chissano, assinaram um acordo em que o Brasil perdoa 95% da dívida do país africano – no valor de US$ 315 milhões. Lula acompanhou o gesto de um comentário dirigido elipticamente às metrópoles desenvolvidas:

“Eu penso que isso pode servir de exemplo para outros países da mesma magnitude do Brasil tenham a mesmo gesto com outros países pobres do mundo, que muitas vezes tem dívida que todo mundo sabe que é praticamente impagável, mas que funciona como uma espécie de espada na cabeça dos devedores”, afirmou.

*Brasil perdoa mais da metade da dívida da Nigéria
O Brasil vai receber apenas US$ 67,3 milhões da dívida, (ia agora não vai mais) de US$ 150,4 milhões que a mesma tem com o Brasil a mais de 20 anos, em financiamentos e seguros de exportações. Os outros US$ 83,1 milhões serão cancelados.

*Brasil perdoa dívida da Bolívia
Brasil perdoa dívida de US$ 52 milhões que a Bolívia tinha com o Brasil. O anuncio foi feito durante uma breve visita do presidente brasileiro à Bolívia, para onde viajou depois do final da Cúpula do MERCOSUL, em Puerto Iguazú, na Argentina.

*Brasil perdoa dívida de US$ 4 milhões de Cabo Verde
O Brasil vai perdoar ao Estado de Cabo Verde a dívida de 4 milhões de dólares que este acumula junto às instituições daquele país.

*Brasil perdoa dívida da Nicarágua
O presidente nicaraguense, Enrique Bolaños, agradeceu a decisão do Brasil de perdoar 95% da dívida de seu país, estimada em US$ 141 milhões de dólares.

*Brasil vai perdoar divida de Cuba
Brasil e Cuba devem assinar acordo para amortizar a divida do governo cubano com o governo brasileiro, que chega a 40 milhões de euros. Cuba tem ainda uma divida com o setor privado brasileiro no valor de R$ 10 milhões.

*Brasil perdoa dívida com o gabão
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acaba de anunciar o perdão da divida do gabão no valor de US$ 36 milhões de dólares durante viagem presidencial ao país africano.

Enquanto isso no Brasil não tem dinheiro para dar aumento aos aposentados
Não existe verba para a Escola Pública
Não existe verba para a Saúde Pública
Não existe verba para a Segurança Pública

Temos no Brasil, cidades afundadas em dividas com o Governo Federal, e ainda, não vi nenhuma obter o perdão de suas dividas. Ao contrário, se as prefeituras deixarem atrasar as parcelas perdem o direito aos repasses (esmola) que vem da República, isso é um absurdo. Como podemos perceber é a farra com nosso dinheiro para fazer média. Essa atitude começou no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e continua com sua sucessora. A música do vídeo abaixo, mesmo sendo de um ritimo alegre fala muitas verdades, vale a pena ver e ouvir. 
Fonte: *Folha de São Paulo

(a) J Araújo

7 comentários:

  1. Isso tudo é tão revoltante que ficamos mudos diante de tamanha "farra com o nosso dinheiro" que trabalhamos até o mês de maio só para pagarmos impostos! ABSURDO!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  2. Oi J.! Há tempo que não venho visitá-lo. Espero que esteja bem.
    Quanto ao texto, a quem interessa mesmo pouco se lhe importa. Aqueles que tem a cabeça no lugar e a usa como se deve tem tanta vergonha e não se cansa de denunciar essas mazelas, como você e mais alguns. A maioria só espera uma boquinha para também participar dessa farra. Quando ouvimos que lá fora dizem que este não é um pais sério, sentimos aquele aperto no coração, mas muitos se riem e debocham dos trouxas que ainda acreditam que um dia teremos verdadeiros homens no poder e que o pais trilhará por rumos éticos. Não possuo a síndrome de Cassandra, mas morreremos todos sem ver alguma luz no fim desse túnel em que nos metemos.
    Um abraço e tenha bons dias!

    ResponderExcluir
  3. Olá J.Araújo!
    Perdoar 2 bilhões de dólares em dívida,é vergonhoso.
    Até parece que está sobrando dinheiro por aqui.
    Como descrito no texto,em muitos lugares do nosso Brasil,
    a pobreza só prolifera e a presidente fica de braços cruzados.
    Ela gosta de bancar a boazinha à custa do nosso dinheiro.
    Lamentável...
    Um abraço e boa semana \o/

    ResponderExcluir
  4. Sr Araujo,

    A população ainda não percebeu, mas vivenciamos um período tão crítico quanto a "época do café com leite", ou seja sai Lula, entra Dilma, sai Dilma, e quererá voltar o Lula, e assim continuarão os desmandes com o dinheiro público, os assalariados como nós, nunca teremos nada além de contas e impostos a pagar. Quanto mais trabalho muito mais aumenta os descontos de imposto de renda, e os demais, porque a faixa salarial do empregado cai numa alíquota de imposto muito alta. E o Lula prometeu rever isso tudo quando assumiu a Presidencia pela primeira vez. BALELA. Ele fez foi a revisão de seus saldos bancários, e sua herança patrimonial crescendo mais e mais. Enquanto a população não aprender a votar, nós vamos continuar pagando dívidas dos outros países.

    sonia sidney

    ResponderExcluir
  5. Sr Araujo, tenho postado comentários em seu blog em consideração ao seu profissionalismo como autor do mesmo, porque na verdade não consigo entrar com meu login porque o senhor bloqueou-me. Então entra sempre como anonimo, mas assinado: sonia sidney. Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  6. Eles mentem que nem sentem, governo do improviso...governo das obras inacabadas, sua única preocupação o poder, quando a Copa do mundo e a Olimpíada terminar iremos pagar a conta.Há um cheque pré-datado que será cobrado depois desta farra. A Espanha, a Grécia estão vivendo esta crise: As contas não fecham, desemprego... etc... são exemplo do que iremos passar... temos dinheiro para as festas mas para educação, saúde, etc... não há... Se o que estão gastando fosse aplicado no nordeste, não tenho dúvida, isto sim iria deixar um grande legado para as futuras gerações. J.Araujo forte abraço! continue...! estou atento!

    ResponderExcluir
  7. Muchas gracias mi amigo por visitar mi blog y por tu buen comentario desde Brasil. Te felicito también por tu blog, que sin duda leeré más detenidamente. Ahora estoy preparando una travesía en solitario por los tres macizos de los Picos de Europa para hacer nuevas fotos. Un cordial saludo desde Asturias - España.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos ou considerados preconceituosos não serão publicados. Este espaço presa pelo respeito às diversidades, porém se mantém o direito de publicar ou não opiniões que venham a ofender a honra de qualquer pessoa que seja. De acordo com interpretações legais o administrador desse blog responde solidariamente pelos comentários aqui publicados.

Postagem em destaque

>Os vândalos e as mentiras dos nossos políticos

Uma folheada no jornal  de hoje fiquei indignado com algumas noticias. Uma delas dava conta do ataque de vândalos a dez ônibus do transp...