31 dezembro 2007

Homenagem

Mais um ano chegando ao fim. Os fogos de artifícios lá fora enfeitam os céus. Para muitos somente alegria, euforia e descontração aguardando os minutos finais para o grito da virada, amanhã será um novo ano as esperanças renovadas, novos planos, na tentativa de realizar os sonhos que no ano que ora termina não foi possível a realização. Ao nosso lado está faltando alguém que em outros anos se encontrava na data de hoje nos divertindo e hoje não se encontra mais.

Partiu nos deixando triste com sua ausência, na partida tinha em mãos uma passagem somente de ida. É, muitas vezes não paramos para pensar o quanto frágeis somos diante da vida, mas, nesse momento a saudade bate forte em nosso peito e nada podemos fazer para mudar, a não ser conformar com a vontade de Deus e aguardar a nossa vez de partir também.

Como passageiro do barco chamado mundo não sabemos o prazo de validade da nossa passagem. Afinal de contas ganhamos, sem direito a conferir muito menos em qual porto seremos chamados a desembarcar. Para os vivos um feliz 2008, e para os que partiram... nossa saudade!

Perfil de capricórnio

Perfil dos nascidos em capricórnio

Um mundo simples, básico e sem muita complicação. O suficiente para comer, dormir, trabalhar e conseguir ser o mais destacado dos seres humanos. Há signos que você reconhece assim que os olha. Esse pessoal de Capricórnio não é identificado de imediato. Primeiro porque eles são discretos e sóbrios, tanto para se vestir como para se comportar com as pessoas. São gentis e formais e fazem o máximo para não fazer marola quando passam. Dificilmente você vai identificá-los.

Não que se escondam e disfarcem, mas farão de tudo para não chamar a atenção, preferindo ficar na sua. Quem os vê pensa que eles sempre ficarão na mesma situação e nunca vão crescer e sair do lugar. Depois de um tempo você verá que aquela figura quieta e reservada, que sempre passava despercebida, agora vem numa Mercedes com chofer, indo para sua casa num condomínio de luxo, mas passando sem buzinar, sem fazer barulho com o motor, chamando o mínimo de atenção possível. Preferindo roupas sóbrias e em tons escuros, ou cortes tradicionais, sem muito modismo, eles sempre parecem usar as mesmas roupas, de tão parecidas que são, mas veja a etiqueta: da melhor marca, e que custaram caro, muito caro.

Manter um capricorniano feliz não exige muita coisa. Uma comida simples, uma casa básica e um carro que ande. Avessos à vida social agitada eles preferem o ambiente de sua casa, que por sinal leva como se fosse um quartel cheio de soldados, que são os seus habitantes. Exigentes com os familiares, eles prezam as tradições e adoram ver a família reunida, mas sem muitos beijos, abraços, confusão e gritaria. Como não gostam que as coisas mudem, mantê-los é fácil. E como trabalham esses capricornianos.

Extremamente responsáveis levam o trabalho, as obrigações e deveres como se estivessem cumprindo ordens superiores de um general. Não se permitem falhas e quando isso acontece é como se tivessem cometido um pecado mortal. E por sinal, deixar um capricorniano maluco é só chamá-lo de irresponsável.

É difícil eles cometerem falhas, e o mesmo acontece com quem trabalha ou faz tarefas com eles, porque cobram como ninguém e aporrinham as pessoas até que elas sigam suas ordens. Meio mandão, desde pequenos, gostam de serem autoridade, mas com uma postura sóbria e correta, até mantendo uma certa distância das pessoas, o que os torna, em muitas situações um tanto arrogantes.

Frios e calculistas, podem, em nome de algo que querem, fazer qualquer sacrifício, mas no final sempre se saem bem. Determinados e disciplinados têm ascensão lenta, mas firme, às vezes solitariamente, mas sempre se aproximando das pessoas certas nos momentos certos. Sempre querendo ficar próximo do poder, você encontrará sempre um capricorniano atrás de um presidente de uma empresa ou de um político.

Sabem como ninguém fazer planos estratégicos e grandes jogadas políticas. São um tanto econômicos... Na realidade são pão-duros. Falando assim deles parece que são insensíveis e frios. Ouça música com eles. São capazes de encher os olhos de lágrimas ao ouvir uma ópera ou uma música clássica, mas você terá que fazer um silêncio enorme se não quiser ser posto pra fora da sala a pontapés.

O que mais impressiona nos capricornianos é o seu senso de humor. É, eles também sabem sorrir e têm umas sacadas geniais de humor, um tanto sarcástico e irônico, mas é muito divertido ver um Capricórnio fazendo graça, com um humor inteligente e preciso. Muito corretos e profissionais, parece que são independentes, mas sempre precisam de alguém ao seu lado, da mesma maneira que um presidente precisa de uma primeira-dama, que por sinal é pessoa que se encarrega de sua imagem, que ele preza bastante, mas sem expor sua vida pessoal.

Eles se acham perfeitos e adoram ensinar as pessoas, mas ao primeiro sinal de que seus pupilos poderão chegar perto de seu cargo ou lugar são os primeiros a devorá-los, assim como Saturno, planeta que o rege, e deus da Mitologia, devorou seus filhos. Já que é assim, é melhor ficar do lado deles. Assim você terá a garantia de subir junto a ele, mas melhor ainda é ficar abaixo dele, se não quiser ser devorado também.

Cartão de ponto na mão, carteira de trabalho na outra e as tarefas debaixo do braço. Pronto para trabalhar ? Prepare-se para um dia com os minutos contados. Pontual e preciso como um relógio suíço, você vai ter que correr muito para cumprir as metas que ele estabelece para si e seus companheiros de trabalho. Sempre preocupado em realizar as tarefas antes do prazo e com muita perfeição, temem cometer erros e atrasar.

Conseguem fazer muita coisa, e têm muitas habilidades. É um faz-tudo e é ótimo ter alguém de Capricórnio trabalhar com a gente, principalmente se não soubermos colocar em prática nossas idéias. Sempre preparados para cumprir metas, não se permitem descanso enquanto não tiverem terminado uma tarefa.

Você nunca vai conseguir pegar no seu pé, pois ele nunca deixa falhas para alguém reclamar. Mas se por um acaso, bem remoto, isso acontecer, escolha muito bem as palavras que usará para dizer a ele que está atrasado ou errou algo. Ele escutará aquilo como uma condenação e se punirá e se penitenciará sentindo a maior vergonha do mundo, e durante dias ainda escutará o eco de sua voz dizendo “... você esqueceu...ceu...ceu...”. Se não quiser ter um funcionário arrasado a ponto de cometer suicídio, nunca o chame de irresponsável. Ele ficará completamente alucinado, e escutará para sempre aquele eco na sua cabeça : “irresponsável...ável...ável...”, mesmo que você só tenha


http://horoscopo.uol.com.br/mensais/

30 dezembro 2007

>Nosso sonho

O final de ano está chegando. E ao contrário dele nossas esperanças se renovam. Sabe aquela viagem do nosso sonho que não fizemos?
Sabe aquela reforma na casa que não conseguimos?

Aquele carrão que passou por você enquanto aguardava no cruzamento daquela rua. Não necessariamente daquela cor. Até por que a cor não era sua preferida. Sim! Aquilo que era carro e você gostaria de ter adquirido não foi possível.
Então! Se não conseguimos fazer aquela viagem vamos continuar sonhando. Se não reformamos a casa vamos continuar morando nela mesmo com a pintura desbotada, o telhado com aquela cor escura de tão velho. Vamos continuar sonhando do mesmo jeito quem sabe no próximo ano.

Se não compramos aquele carro vamos continuar dirigindo esse mesmo.
A cada renascer de um novo dia é sinal que tivemos uma noite de sonho a mais e conseqüentemente mais um dia de vida também.
Assim continuaremos sonhando porque no sonho tudo é permitido e tentaremos realizar no próximo ano. Feliz 2008

>Bonito e perigoso

Foto: J. Araújo
O ato de fabricar, guardar, comercializar e soltar por si só já é considerado crimes de acordo com o nosso Código Penal. Os balões que cortam os céus das cidades de todo o Brasil são bonitos de se ver mas com certeza são extremamente perigosos. Somente quem já teve o desprazer em ver um balão caindo em frente sua casa ou quintal sabe o que estou dizendo.


São dezenas de pessoas que sai de carro, motos, bicicletas e mesmo a pé correndo atrás para ver quem fica com a estrutura que compõe o mesmo. Na disputa dos grupos sua casa pode é muitas vezes é invadida em busca do dito cujo. Entre muito bate boca e empurrões, ganha quem fala mais alto e se encontra em maior numero. Já que são grupos rivais que disputam a posse. Apesar de proibida por lei a confecção, venda, guarda e soltura há sempre os irresponsáveis que não pensa nas consequencias desaatrosas que pode significar sua atitude.

Quem for pego pode ser preso em flagrante e pagar pesadas multas, mesmo assim nada disso parece frear os baloneiros que investe tempo e dinheiro nessa prática que pode até enfeitar os céus mas com certeza trás grandes riscos a integridade física das pessoas, da industria da fauna e da flora já uma tanto prejudicada pela ação irresponsável do homem.

25 dezembro 2007

Mensagem aos visitantes


Carinho é fonte energética. Carinho é caminho de amor. Carinho nunca é demais. A afetividade é importante, sim. Pois, como um ser humano ainda imperfeito, ainda aprendiz, pode bastar-se a si mesmo? Não, amigos, a individualidade, sem dúvida, é direito de cada um de nós.Mas, em excesso, é egoísmo. Viemos aqui para aprender. Aprendizagem é sinônimo de troca de experiências, troca de energia, troca de informações, troca de afeto, troca e troca...Carinho é plumagem bonita, macia, gostosa de sentir. Quem dá afeto se fortifica; quem o recebe se acalma, se tranqüiliza, se equilibra. Carinho é sinônimo de amor, amigos. Amor é bálsamo para a nossa condição de criança espiritual. Criança precisa de amor para crescer psicologicamente, afetivamente e fisicamente saudável. Criança precisa de apoio e de muita troca. Portanto, também nós precisamos de afeto. Não esqueçam desse detalhe amigos: amor é fonte de energia, é vida, é crescimento. Dêem e aceitem todo o tipo de afeto com verdadeiro amor.
TENHAM UM ÓTIMO NATAL E UM ANO NOVO REPLETO DE ALEGRIAS.
Obrigada à pessoa que enviou.

23 dezembro 2007

> Olhos da alma

Através dos olhos da alma tento enxergar ao longe.
Quem sabe posso ser uma voz discordante!!

Pronunciando palavras muitas vezes incompreensiveis
Para uma sociedade entorpecida pelo medo.

Entre tantas vozes ainda não ouvidas.
Posso até ser um misto de animal e homem.

Qual o homem que não tem um pouco de animal
Talvez mais animal que homem.

Porque o verdadeiro animal não tem maldade
melhor ser homem com estinto animal


Confuso. Não sei! Quem sabe, um desconhecido.
Aguardando ser descoberto.

Entre tantos seres vivos na face dessa terra de Deus
Que ouve todas as vozes.

J.Araújo

> Natal

O Natal está chegando e com ele vem também alegrias para muitas pessoas e tristezas para Outras. É uma data onde há várias confraternizações entre as pessoas de várias religiões.
Graças a Deus isso no Brasil ainda é possível, enquanto em muitos países as difenças religiosas muitas vezes leva as pessoas a se odiar. O Natal é a preliminar para a chegada de um novo ano onde cada um faz um balanço daquilo que realizou ou deixou de reaizar.
É chegada a hora da troca de presentes. Mas não podemos esquecer também que infelizmente existe centenas de pessoas que não tem o que comer neste e em muitos outros dias do ano.

15 dezembro 2007

> Vício maldito

Patrícia Stavis/Folha Imagem
O lutador Ryan Gracie alegou nesta sexta-feira à polícia que estava sendo "perseguido" quando foi preso acusado de roubar um Corolla e de tentar levar uma moto na zona oeste de São Paulo. O lutador foi preso em flagrante. Segundo o delegado Aílton Camargo Braga, Gracie disse que era perseguido "pelo pessoal da favela e pelo PCC [Primeiro Comando da Capital]". Braga afirmou que o lutador passará por exames toxicológicos para saber se ele estava sob efeito de drogas.
O lutador Ryan Grace, preso em
São Paulo acusado de roubar um carro
"Infelizmente, ele está muito alterado, não conseguimos pegar o depoimento dele com muito discernimento. Já soube que ele passa por problemas psicológicos. Ele, inclusive, parece estar alterado pelo uso de medicamentos fortes que ele aparentemente toma", afirma Braga.
O delegado diz que recebeu uma ligação do advogado de uma clínica de tratamento psicológico, localizada no interior de São Paulo, para informar que Gracie passa por tratamento no local.
Braga disse que o tratamento, se comprovado, não muda a situação do flagrante dele. Segundo o delegado, ele será indiciado por roubo e tentativa de roubo. Gracie já tem três passagens pela polícia por agressão.

Agressões
Segundo testemunhas, ao roubar o Corolla, Gracie agrediu o dono do veículo com uma faca de cozinha cortando um dedo da mão esquerda da vítima. Com o carro, Gracie andou por pouco tempo e bateu. Depois, tentou roubar uma moto.
Quando abordou o motoboy, Gracie teria mostrado uma faca e disse que era assalto. "Desce da moto, senão eu te mato", teria dito Gracie. O motoqueiro pegou a encomenda que levaria para Cotia (Grande São Paulo), enquanto Gracie subiu na moto sem conseguir ligá-la.
Outros motoboys pararam no semáforo e encorajaram a vítima a não deixar que Gracie levasse o veículo. O dono da moto afirmou que bateu com o capacete na cabeça de Gracie, que caiu e foi imobilizado pelo grupo de motociclistas.
"Acredito que ele realmente esteja sob efeito de drogas, porque se ele estivesse são, teria derrubado todo mundo. Ele é muito forte", disse o delegado.
Rodrigo Souto, advogado de Ryan Gracie, disse que desconhece qualquer tratamento do cliente. Souto afirma que ele estava sendo perseguido e não cometeu nenhum crime.
*******************************************************************
Este episódio da prisão e morte em uma cela do lutador Ryan Gracie, demonstram mais uma vez o quanto a droga é perversa na vida de quem perde o controle sobre ela. Com certeza não será o último a morrer levado tomado pela maldita droga. Ainda tem aqueles que defende a liberalização de tudo isso que existe na praça. Veja só o quanto a droga é perversa; o grande lutador de jiu jitsu ganhou várias medalhas, vários títulos e não foi forte o suficiente para vencer o vício. Quantos Gracies morre todos os dias e não são notícias. Até quanto a droga vai continuar matando, principalmente, nossos jovens e, muitas vezes nossas crianças... Até quando?



*J. Araújo









13 dezembro 2007

> Inteligência artificial

Estudante japonesa (a direita observa robô Repliee Q1) em feira no Japão
Bonecos sexuais existem desde sempre, mas estão ficando cada vez mais espertos. David Levy, especialista em inteligência artificial, vê um futuro no qual as pessoas irão preferir os robôs aos humanos. Eles oferecerão melhor sexo e melhor relacionamento, diz; 'Philip Bethge Andy, cujas medidas são 101, 56 e 86 cm, tem o que muitos homens querem em uma mulher: "Paciência ilimitada”. Ao menos é isso que promete a fabricante, First Androids, baseada em Neumarkt, perto de Nuremberg, no sul da Alemanha.

Andy também vem com opcionais, inclusive um "sistema de felação, com níveis ajustáveis", um "pulso tangível", "moção do quadril em rotação" e um "sistema de aquecimento com controles ajustáveis" para aumentar a temperatura do corpo. "Exceto pelos pés -que continuam frios, como na vida real", diz David Levy. O interesse do cientista britânico em Andy é puramente acadêmico, insiste. Para Levy, sua boneca sexual de alta tecnologia é um arauto de uma nova ordem mundial.

Levy é especialista em inteligência artificial. Ele é fascinado pela idéia de "amor e sexo com robôs", e suas visões de futuro incluem robôs masculinos e femininos como amantes e parceiros. Campeão de xadrez e presidente da Associação Internacional de Jogos de Computador, Levy, 62, acaba de publicar um livro, "Love and Sex with Robots: The Evolution of Human-Robot Relationships" (amor e sexo com robôs: a evolução dos relacionamentos entre humanos e robôs) - que é provocativo no verdadeiro sentido da palavra.
Ele está convencido que os seres humanos farão sexo com robôs um dia. Eles vão nos mostrar práticas sexuais que nem imaginávamos existir. Vamos amá-los e respeitá-los e confiaremos a eles nossos mais íntimos segredos. Tudo isso, diz Levy, será realidade em 40 anos.

"O próprio conceito de parceiro artificial, marido, mulher, amigo ou amante desafia a noção de relacionamento da maior parte das pessoas no início do século 21,", diz Levy. "Mas minha tese é a seguinte: os robôs serão enormemente atraentes para os humanos como companheiros, por causa de seus muitos talentos, sentidos e capacidades." Com o rápido desenvolvimento da tecnologia, Levy acredita que é apenas uma questão de tempo antes das máquinas poder oferecer traços humanos. De acordo com Levy, "amor e sexo com robôs em grande escala são inevitáveis”. A idéia de amor envolvendo andróides não é exatamente nova.

Na mitologia grega, o escultor Pygmalino faz uma estátua de marfim de sua mulher ideal. Ele reza para a deusa do amor Afrodite para trazer vida à estátua, que ele chamou de Galatea. Afrodite concorda em ajudá-lo e, quando Pygmalion beija Galatea, ela devolve o beijo e os dois se casam. A mesma coisa pode logo estar acontecendo com robôs. Levy já vê sinais de 'robofilia' nascente em toda parte.

De acordo com Levy, o apelo do cão robô da Sony, Aibo, e de Furby, brinquedo que parece uma bola de pelo com apêndices e um circuito de computador interno, mostram o potencial da tecnologia de servir como espelho das emoções humanas. "Hoje em dia, é relativamente comum as pessoas desenvolverem fortes ligações emocionais com seus bichos de estimação virtuais, inclusive robóticos", diz Levy."Então, por que se surpreender quando as pessoas formarem apegos igualmente fortes com pessoas virtuais, com robôs?” Mesmo os computadores simples exercem uma atração quase mágica para algumas pessoas.

A dedicatória do livro de Levy diz: "Para Anthony, estudante do MIT que tentou ter namoradas, mas descobriu que preferia relacionamentos com computadores. E para todos os outros 'Anthonys' do passado, presente e futuro, dos dois sexos." O que os viciados em computador dirão quando puderem brincar com computadores que se movem, falam e parecem ser pessoas e possivelmente até com emoções? No que diz respeito ao sexo, os robôs podem em breve suplantar a experiência original de carne e osso, diz Levy.

O pesquisador mergulhou fundo na história da máquina erótica para documentar a suscetibilidade do Homo sapiens aos brinquedos sexuais mecânicos. Ele descobriu evidências de vibradores movidos por mecanismos de relógio ou a vapor. Levy descreve uma máquina de masturbação para mulheres movida a pedal, desenhada em 1926 por engenheiros na cidade alemã de Leipzig. Em uma antologia pornográfica do século 17 do Japão, o autor leu sobre um "travesseiro de viagem libidinoso". A vulva artificial, chamada de "azumagata" (mulher substituta) em japonês, era feita de casco de tartaruga e tinha um buraco forrado de cetim.

Em suas viagens pelo globo, os marinheiros holandeses compartilhavam suas camas com bonecas de couro costuradas a mão, o que explica porque os japoneses hoje se referem às bonecas sexuais como "esposas holandesas" - apesar da versão atual não ser mais de couro. A empresa japonesa Orient Industry vende bonecas femininas que são réplicas quase perfeitas de jovens japonesas-desde a ponta do cabelo até a consistência da pele. O sucesso da empresa baseia-se em um modelo anterior chamado de "Antarctica", uma boneca que os cientistas costumavam levar para a estação de pesquisa do Japão Showa, para aquecerem-se durante o longo inverno antártico.

A empresa americana RealDoll, líder do mercado em bonecas sexuais vende os modelos "Leah" e "Stephanie" por US$ 6.500 (cerca de R$ 12.000) cada. Os clientes podem encomendar as bonecas com busto de tamanho 30AA até 34F. Cada boneca vem com três "portais de prazer”. Outro modelo, "Charlie", vem até com um pênis de vários tamanhos, assim como "entrada anal" opcional.Serão simples brinquedos eróticos para uma rapidinha ocasional? De forma alguma, diz Hideo Tsuchiya, presidente da Orient Industry.

"Uma esposa holandesa não é meramente uma boneca ou um objeto", insiste. "Ela pode ser uma amante insubstituível, que fornece uma sensação de cura emocional.” Levy tem opinião similar. Mas será que os robôs vão se parecer tanto com os humanos nas próximas décadas que serão equivalentes ou até melhores que os amantes humanos?Imitar a aparência humana parece ser o menor dos desafios.

Há dois anos, o especialista japonês Hiroshi Ishiguro revelou seu robô "Repliee Q1". O estranho nome engana. A criação de Ishiguro pode facilmente se passar como a primeira mulher robótica da história. Graças a 42 ativadores movidos por ar comprimido, ela pode "virar e reagir de forma parecida com os humanos", diz Levy. "Repliee Q1 pode piscar, parece respirar, move as mãos como uma pessoa e responde ao toque", diz entusiasmado. Muito mais difícil que os traços externos, entretanto, será o desafio de criar algo parecido com uma alma.

Os maiores obstáculos são alguns dos comportamentos mais fundamentais do homem. Os sensores robóticos atuais, por exemplo, não são capazes de distinguir de forma confiável entre as pessoas, diz Levy. Ele admite que, se um robô não conseguir reconhecer seu parceiro, ou o confundir com outra pessoa, o relacionamento será facilmente arruinado.Ainda assim, Levy prevê que os avanços virão rapidamente. Para Levy, imbuir robôs com traços tão humanos quanto empatia, humor, compreensão e amor é meramente uma questão de tecnologia.

A empatia, por exemplo, é "uma questão essencialmente de aprendizado", diz ele e, portanto "relativamente fácil de instalar em robôs". Só o que a máquina precisa fazer é observar seu parceiro, fazer deduções inteligentes sobre os pensamentos do parceiro e reagir de acordo. Levy vê um futuro no qual a inteligência artificial permitirá aos robôs se comportarem como se tivessem atravessado todo o espectro da experiência humana, sem de fato ser o caso.

Ele cita as emoções como exemplo. “Se um robô se comporta como se estivesse sentimentos, podemos razoavelmente argumentar que não tem”? Se as emoções artificiais de um robô o levam a dizer coisas como 'eu te amo', certamente devemos estar dispostos a aceitar essas declarações, desde que os outros comportamentos do robô as corroborem.

“Levy vê vantagens em companheiros artificiais sobre parceiros humanos”. A infidelidade, as mudanças de humor, o mau gosto, a falta de higiene, a obsessão com futebol - todas essas dificuldades de relacionamento seriam jogadas no lixo da história. Os parceiros robóticos seriam até imortais.

Levy imagina que o usuário poderá arquivar toda a personalidade de seus andróides em discos rígidos. Se um robô for destruído, será fácil encomendar um novo.E o sexo! Sempre disposto, nunca desapontado, adeus dores de cabeça-e com as fantasias mais sujas disponíveis para download.

Um robô poderia ser programado para oferecer "posições e técnicas sexuais de todo o mundo" ou colocado em "modo de ensino para um aprendiz sexual", diz Levy. Tudo, desde as dimensões da vagina e do pênis, cheiro do corpo até a barba, pode ter opções disponíveis. "Imagine um mundo no qual os robôs são (quase) como nós", diz Levy.

"O efeito na sociedade será enorme". Ele também aborda as questões potenciais éticas e morais após a grande invasão robótica. Será antiético emprestar robôs sexuais aos amigos, por exemplo, ou "usar o robô sexual de um amigo sem contar para ele"? Será permitido enganar andróides? O que os maridos farão quando as mulheres disserem: "Esta noite não, amor, vou fazer com o robô?” Levy está convencido que as mulheres, em particular, após as dúvidas iniciais, vão apreciar os robôs como alternativa para seus maridos suados.

O fato de seu apetite sexual freqüentemente ir além do desempenho medíocre de muitos homens reflete-se nas "incríveis vendas" de vibradores, diz Levy. E os homens? Bem, quanto a eles, todo esse barulho sobre inteligência artificial é energia desperdiçada. Eles estão dispostos a "fazerem sexo com bonecas infláveis", diz Henrik Christensen, coordenador da Rede de Pesquisa de Robótica Européia. Será fácil fazer algo melhor. "Qualquer coisa que se mova será uma melhora."

Tradução: Deborah Weinberg
Mídia Global


> Conversa franca (crônica)

-->
Imagem/google
Um dia, andando pela rua encontrei Jesus e fui logo perguntando por que o homem morre. Iniciamos uma conversa face a face nesse dia estava eu muito aborrecido com meus problemas e precisava de alguém para me ouvir. O interessante é nem precisei falar dos meus problemas, Jesus já sabia tudo; mais do que eu mesmo sabia de mim. Mesmo assim contei pra ele das minhas pisadas na bola. Não é assim que a gente fala no dia a dia.                                                          

Ele disse que o homem morria para continuar vivendo. Achei estranha aquela colocação, mas afinal, estava ali de frente com ele e não ousei discordar.  Eu andava um tanto perturbado pensando na morte, acabara de sair do velório de uma pessoa amiga que havia partido para outra dimensão. Cheguei pensativo em casa à noite e fui dormir com aquele pensamento.  Já tinha visto dezenas de vezes aquela cena, mas naquele dia foi diferente. Pensei comigo! Já que estou frente a frente com ele porque não tirar várias dúvidas que pairavam em minha cabeça.

Resolvi começar por uma pergunta que achei seria a mais difícil de responder. Ledo engano o meu! Aproveitei sua disposição em me ouvir e tasquei a primeira pergunta.

Era um bate papo informal, não precisei marcar hora, nada disso. Jesus estava ali, na minha frente, pronto para me ouvir. Aí eu quis saber mais sobre a vida e o porquê o mundo está passando por tanta tribulação. Jesus disse:

- Sei de sua preocupação.  Mas não desanimem diante das dificuldades, elas sempre existiram e continuarão a existirem. São desafios que o homem tem que enfrentar por causa de sua mesquinhez e desobediência. O homem precisa acreditar que sua existência é uma criação divina, e crer que somos todos filhos de um mesmo pai.

- Essa não! O senhor está dizendo que somos filhos de um mesmo pai, como assim?

É complicado isso, não! Isso quer dizer que o senhor é meu irmão?
- Sim. Com certeza! Somos todos irmãos.
- Isso quer dizer que meu irmão, aquele!  Filho da minha mãe é meu irmão duas vezes?

Agora que não estou entendendo nada mesmo!
- Sim! Mas vai entender. Que bom seria, se todos, se considerassem como verdadeiros irmãos.

E se comportasse como tal. Não haveria tanta discórdia, guerras e contendas.
Respirou fundo e olhando pra mim continuou.

Demorou um pouco e respondeu:
- Que bom seria.
- Então aquela história de que meu pai é fulano, meu pai é beltrano é tudo mentira? Quer dizer, invenção.

- Não é mentira nem invenção. Eles são apenas símbolos, foram usados como representantes do pai. Talvez você não vai entender, tudo é um grande mistério, apesar do homem muitas vezes não querer acreditar. Somos filhos de um  mesmo pai.

- Entendi! Como é esse negocio de filhos do mesmo pai?

Estou confuso.

- Sim! Somos todos filhos de Deus, criador de todas as coisas.
-  Ah Jesus, como esse negócio é complicado, o senhor não acha?

- Não! Não acho, e você já me disse isso antes. Pare de ficar achando que tudo é complicado e apenas creia e tudo entenderá ao seu tempo.

- Sabe, estou aqui pensando comigo! Esse tanto de filhos deve dar um trabalho danado não é? Eu tenho três lá em casa e tem dia que fico bravo pra caramba. Imagine essa quantidade de filhos pra cuidar. Estou até imaginando. Deus, quer dizer, nosso pai não fica bravo não?

- É verdade! Dá muito trabalho.  Mas nosso pai é paciente e bondoso o bastante para não perder a calma, perdoa cada um desde que se arrependa. Logo, logo ele vai chamar todos para uma conversa franca. Uma grande reunião vai acontecer. Todos terão de se explicarem  perante o pai. Aguarde!

- O senhor sabe o dia que vai ser? Será que vou ser convidado?

- Com certeza! Chegará o seu momento. Nosso pai te aguarda.

- O senhor podia me adiantar o assunto que vai ser tratado nessa reunião? Sabe Jesus, é que eu gosto de participar de reuniões, principalmente se eu puder dar minha opinião.

- Não! Não posso. É surpresa. Faça sua parte, mostre seu lado bom. Vai se preparando.
- É, estou vendo! Eu que tento ser bom já dou um trabalho danado, imagine aqueles irmãos mais rebeldes. Não quero nem pensar, se deixar vai sair briga de novo.

- Não vai! Nem  por isso deixe de amá-los e perdoá-los, “eles não sabem o que fazem”.
- Ah! Já  ouvi essa frase em algum lugar. Mas deixa pra lá! Isso é outra história.

Jesus continuou me ouvindo atentamente e respondendo todas as perguntas, por mais difíceis que eu achava. Só mesmo ele para ouvir tudo sem reclamar.
Fiquei entusiasmado.

Continuando Jesus disse:
- Então, continue dando o melhor de si, amando e respeitando teu próximo e perdoando quando vezes for necessário e terá a recompensa da vitória e da glória. O bem sempre triunfará sobre o mal.
- Engraçado! O senhor não vai perguntar nada pra mim?

- Não preciso. Sei tudo de você, de tudo e  de todos.
 O papo rolava solto, estava tão bom que resolvi continuar as perguntas mais curiosas.

Quis saber por que quando Deus, quer dizer, o pai criou o mundo deixou tão pouca terra, afinal de contas, segundo estimativas o planeta é composto de 70% de água e somente 30% de terra. Jesus olhou pra mim com um leve sorriso no rosto e disse:

- Imagine! Se nessa proporção já está faltado água potável em muitos lugares do planeta. E se fosse ao contrário. O pai pensou em tudo, sabia que seus filhos iam fazerem muita sujeira, precisariam de muita água.

E eles fizeram tanta sujeira, mas tanta sujeira, que acabaram sujando a própria água que tinha para beber. Estão tentando agora limpar, não com água. Estão usando produtos químicos. Porque água suja não limpa nada.

- Que confusão hein Jesus!
- E como! Meu pai, quer dizer nosso pai  deixou tudo limpinho precisava ver que beleza era isso. Um verdadeiro paraíso. E eles continuam destruindo, até quando o pai deixar.

O homem é tão insignificante para a terra, mas, importante demais para mim e meu pai. Ou melhor, nosso pai.

- Jesus, foi bom o senhor falar! Já que estamos falando de terra, porque o homem briga tanto pela posse da mesma?  Às vezes até mata tirando a vida dos próprios irmãos. Se o pai que criou tudo não deixou nenhuma divisão. Já sei! O senhor vai dizer: Não precisava, já que estava tudo em família. Não é isso?

- Todos terão seu punhado de terra, nem que seja para cobrir sua própria sepultura, afinal, o homem foi feito do pó, um dia será novamente pó.

Eu, já não sabia mais o que perguntar, arrisquei a ultima antes da nossa despedida. Perguntei-lhe quando nos encontraríamos novamente. Para minha surpresa Jesus disse  que não íamos nos encontrar.

- Sou mensageiro do pai, estou ao seu lado a cada instante de sua vida. Pode não ver, mas caminho contigo, quantas vezes de levantei quando estava caído. Basta crer em minha existência.

E sempre que precisar chame por mim, estou em todos os lugares ao mesmo tempo socorrendo todos os irmãos, mesmo os mais desobedientes.

Ah! Não se lembre de mim somente nas horas difíceis de sua vida.  Pedi para que ele perdoasse tudo que eu tinha feito de errado; de imediato ele me perdoou e disse-me: está perdoado, vá e não peque mais. Com certeza, foi uma conversa proveitosa que valeu a pena. Falei da minha ignorância antes de conhecer e entender suas palavras.

Disse a ele que fiquei maravilhado com passagens bíblicas que não tinha nenhuma importância e agora descobri que em cada frase existe um por que.

Descobri que sem Deus a vida não tem sentido. Tudo perde a graça, o mundo se torna cinzento a nossa volta. Agora posso dizer que estou redescobrindo e vendo o mundo com outros olhos.

Aprendi que não preciso nem pedir, porque Deus sabe de todas minhas necessidades. Amem! Acordei com um sorriso no rosto e agradeci. Em nome do Pai, do Filho, do Espirito Santo. Obrigado senhor!

J.Araújo     

> Política brasileira

O grande problema, infelizmente, é que a direita política no Brasil não consegue mobilizar a massa da população para protestar contra as bandalheiras que acontecem. Por bem menos, quando o PT eram oposição, o hoje Presidente Lula esbravejava e conseguia junto a outros partidos de menor expressão colocar multidões nas ruas do país. Não precisamos ir muito longe, basta lembrarmos nos tempos do Presidente Collor de Melo.
Os estudantes que ficaram conhecidos no Brasil e no mundos como os "Caras Pintadas" tomaram contas das ruas de Norte a Sul do Brasil. Onde estão aquela turma nos dias atuais com toda esta semvergonhice que acontece a cada dia envolvendo as autoridades dos mais altos escãlões? São tantos escândalos que fica até difícil enumera-los. A memória do povo brasileiro não consegue guardar tudo que acontece. Um escândalo consegue abafar o outro com tanta rapidez e a imagem que acaba ficando é sempre do último episódio. Lamentável...

> CPMF

A todos que tem parcipado com seus comentários o meu muito obrigado!! É através de elogios ou críticas que procuramos melhor e aperfeiçoar cada vez mais nosso trabalho. Com certeza a maioria dos brasileiros que acompanha o noticiário está perguntando a si mesmo:
Em quem confiar na atual conjuntura política que estamos vivendo? Muito difícil a resposta.
O que sabemos é que todo onus das robalheiras que acontece nos cofres públicos acaba respingando nos menos favorecidos. Cada dia temos notícia de um novo escandalo e não sabemos até aonde tudo isso vai parar. Enquanto isso vamos convivendo com a falta de investimentos na saúde, educação, segurança pública, infraestrutura e tantas outros setores para o país ser auto sustentável.
Para onde vai o dinheiro da CPMF, (Cobrança Provisória sobre Movimentação Financeira) mais conhecida como imposto do cheque? Afinal de contas quando ela foi criada o montante arrecadado era para ser aplicado na saúde pública... mas já sabemos que o governo está tentando transformar em taxa permanente para continuar engordando os cofres... do tesouro é claro! Mas não devemos preocupar é somente alterar a segunda palavra. De provisória para ( permanente). Só isso...
Continue comentando.
Escrito por J. Araújo às 19h30[ (0) Comente ]

09 dezembro 2007

> Infovia



A partir do próximo ano, a Prefeitura de Campinas vai investir R$ 16 milhões no Pro Via Camp, cujo objetivo é interligar todos os órgãos da administração pública através de uma infovia - sistema digital que permite a comunicação de voz e dados através de vários tipos de tecnologia, como a fibra ótica e a Internet sem fio (wireless).

O mesmo projeto permitirá que o cidadão comum acesse a Internet sem fio de qualquer ponto da cidade. Segundo dados recentes da revista Veja, das 5.564 cidades brasileiras, apenas 24 oferecem acesso público a Internet sem fio, entre elas, Belo Horizonte e Porto Alegre. Outras 160 oferecerão essa facilidade até o final do ano. Campinas faz parte dessa relação.

O investimento inicial de R$ 16 milhões se pagará em pouco tempo, uma vez que a implantação de uma infovia permitirá à Prefeitura reduzir em cerca de 50% as despesas atuais com o pagamento de serviços de comunicação, atualmente na casa de R$ 10 milhões ao ano.

Alem da economia, o Via Camp fará com que os diversos órgãos públicos, como escolas, centros de saúde e a Guarda Municipal, por exemplo, troquem informações com muito mais agilidade e eficiência. Outra vantagem do projeto será oferecer acesso à Internet banda larga em regiões onde, por falta de retorno financeiro, as operadoras de telefonia não investem nesse tipo de serviço.

Extraído do Informativo “Campinas no Rumo certo" pág 13

Parte integrante do Jornal Correio Popular de 09/12/2007

Considerações.

Considerando que o acesso a Internet se tornou o meio mais democrático e rápido de comunicação e integração entre todas as pessoas que tem acesso a ela, os campineiros deve louvar a iniciativa da prefeitura na implantação do projeto. Com certeza o loby das operadoras e provedores de acesso será muito grande para que isso não aconteça e fique somente no papel.

Esperamos que nossos governantes, executivos e legislativos, não se dobrem diante das pressões que com certeza virão de todos os setores que lucram diante da falta de opção da maioria esmagadora da população.


>Beleza de Minas

Fotos: J. Araújo
A flora local é um espatáculo a parte.
Na subida ao topo da montanha (abaixo) deparamos com lindas orquídeas e bromélias nativas da região.
Com altitude de 1.875 mts da base ao topo. Integra o Parque Estadual Serra do Brigadeiro preserva um dos biomas mais ameaçados de extinção no Brasil, a Mata Atlântica. Com várias nascentes de águas cristalinas em seu entorno. Em todos os ecossistemas do Parque o endemismo de fúna e flora, com espécies raras, algumas em extinção e não catalogadas pelos cientistas. jan/2007

Outras fotos
http://gkz88v2iqja9.uolk.uol.com.br/





08 dezembro 2007

>Refletindo

Di Campos/Uol Estamos no limiar de um novo ano. É um momento de reflexão. Quantas pessoas estão super alegres por ter conseguido varias realizações e outras tantas tristes. Muitas vezes essa época é de relembrar coisas perdidas, não coisas materiais – mas sentimentais, um amor perdido, um ente querido que se foi nesta época do ano – são alguns exemplos - as lembranças são mais fortes.

O sentimento de perda bate com mais força e acaba afetando o lado psicológico de muita gente. A época é de muita festa, de chegadas e partidas, é momento de refletir sobre o que passou e o que nos aguarda mais adiante. Também é a época em que a solidão bate mais forte trazendo com ela a tristeza das perdas passadas. O momento de fazer um balanço das perdas e danos. Verificar onde falhamos e aprender com os erros cometidos.

Nesta época do ano por tradição muitas vezes somos cumprimentados por pessoas que nem ao menos conhecemos. Todos desejando um feliz Ano Novo. Pena que tudo isso não acontece com mais frequência na vida das pessoas. Que bom seria se fosse assim o ano inteiro e não somente nessa data festiva. Deveria ser uma regra e não exceção.

Já que não podemos desejar um feliz Ano Novo todos os dias podemos, pelo menos, desejar um Bom dia!. Nessas passagens de ano como se fossem mágicas parece que as pessoas têm “obrigação de ser feliz”. A ansiedade aumenta o coração bate mais forte. Cada semana as expectativas aumenta de acordo com o passar dos dias que antecedem a contagem regressiva, para a chegada do Natal e consequentemente o novo ano. E tudo isso acaba contagiando a todos.

É hora de avaliar se realizou o que havia planejado nesse ano que logo mais será passado e rever novas estratégias para o próximo. Chegou a hora de considerar as vitórias, derrotas, perdas, etc. e procurar encarar com coragem o novo ano como sempre acontece com as esperanças renovadas.

04 dezembro 2007

Impunidade

Sérgio Lima/Folha Imagem Mais uma vez o Senado Federal mostrou sua cara ao obsolver por 48 votos a favor e apenas 29 e 4 abstenções contra o senador Renan Calheiros das acusações ora imputadas a ele.


É o corporativismo de sempre. Isso demonstra o quanto o eleitorado brasileiro é desrespeitado em seu mais sagrado direito e dever de votar e no momento de decisões importantes aqueles que deveriam representa-los com dignidade os trai descaradamente.


Brasília se tornou o centro do poder mais podre de todo o país. É ali que a vida e o detino da nação é decidido muitas vezes em troca de favores pessoais não importando com as consequencias futuras.


O importante para a maioria dos nossos políticos - salvo algumas excessões - é resolver suas vidas pessoais. Votando ou deixando de votar, negociando cargos no governo para parentes, amigos e apadrinhados políticos.


Pesa ainda contra ele outras acusações. Porém a população não precisa esperar mais nada dos nossos senadores a não ser ma nova obsolvição. Este é o país da impunidade para nossos políticos. Por que pobre om certeza sempre recebe punição. Acorda Brasil!!

02 dezembro 2007

>Timão

Os corintianos estão de luto. O timão não resistiu a pressão dos gremistas e caiu de joelho.

Vi torcedores derramandos lágrimas muito antes de chegar o final do jogo.

Não sou coriantiano, mas com certeza é uma das grandes torcidas do futebol brasileiro atras apenas da torcida do Flamengo.

Perdendo ou ganhando tenho convicçao que "a vida continua" como bem resumiu o goleiro Felipe um dos grandes nomes do campeonato dentro do clube.


Corintianos. Paciencia!!

30 novembro 2007

>Futebol

Fotos: J Araújo. Hora do Hino Nacional
Entrada de uma das equipes participantes.Aguardando a abertura do torneio.

Foi um grande sucesso a primeira Copa 2007 de Inserção na Saúde Mental. A organização ficou por conta da Comissão Esportiva da Saúde Mental. A grande final ocorreu na Praça de Esporte Argemiro Roque no bairro São Bernardo onde o CAPS David Capistrano se sagrou campeão, batendo o NAC (Núcleo de Atenção a Crise por 4 X 0). O que se via era a alegria estampada no rosto de cada um dos participantes do torneio.
Era visível a alegria daquelas pessoas que por algum motivo as levaram a procurar ajuda, e encontraram. No ginásio tinha música ao vivo para alegrar ainda mais a galera, com sorteio de vários prêmios, dentre eles uma linda bicicleta.


O Hospital Dr. Cândido Ferreira é referência nacional no tratamento de pacientes com problemas de saúde mental. Nos CAPS, se houve muitas historias de vida. São pessoas que por algum motivo muitas vezes perderam suas referências e nos locais citados acima são tratados com humanidade e carinho por profissionais capacitados. Os organizadores do evento estão de parabéns pelo trabalho realizado.


Posso cometer alguma injustiça, mas preciso citar os nomes de alguns que tive a oportunidade de acompanhar de perto para que tudo saísse da melhor maneira possível. São eles: Alex, Leandro e Sidney. Durante os três dias que acompanhei o trio vi o esforço de cada um.
Com certeza existem outras pessoas envolvidas em todo esse processo de organização até pela grandeza que foi. No final, quem ganha com tudo isso são os pacientes e a sociedade de maneira geral que pode contar com um serviço de qualidade mesmo com a falta de recursos para investimentos na área da saúde em todo Brasil.

Fotos de Araponga - MG

(a) J Araújo

29 novembro 2007

>Minh'alma

Arquivo Se você soubesse um pouco mais de mim!
Se você me conhecesse um pouco mais.
Se você pensasse mais um pouco!
Se você soubesse os motivos da minha dor
Se você soubesse como sou por dentro da alma.
Mas você não sabe! Você sabe tão pouco de mim
Nem ao menos tentou saber
Como gostaria que você perguntasse como foi o meu dia
Como você não pergunta permaneço calado
Parece que: com o passar do tempo as palavras não têm
Fluido como deveriam.
Nosso dia vão ficando cada vez mais tristes
Com eles entristecemos juntos.
As flores que antes desabrochavam suas lindas
Pétalas ao notar nossa presença, hoje, murcham.
Com a nossa aproximação.
Precisamos repensar nossos conceitos
Tentar descobrir onde erramos.
Para que não murche uma pétala,
Mas floresça um jardim em nossas vidas.

> Parque

Arquivo A natureza está aí para nos receber de braços abertos. Preservar o meio-ambiente é dever de todos nós. Veja quanta beleza temos aqui enquanto uma minoria tem o sonho de conhecer outros países sem antes conhecer o Brasil. Antes que eu me esqueça esta é a cachoeira "Três Maria" em Airuoca-MG. PARQUE ESTADUAL DE IBITIPOCA.

28 novembro 2007

> Coincidência

Foto: J. Araújo
Tinha quase certeza que o fusca aí da foto era inspirado em um programa de televisão com o sugestivo nome de "Sob nova direção" que existia na Rede Globo. Fui checar com a proprietária e a resposta é que antes do programa existir o fusquinha já era pintado daquela cor. A mesma disse que ficou muito contente com a coincidência. Quando saia com o fusca se sentia a própria Pite do programa.

25 novembro 2007

>Vida no campo

Foto: J. AraújoPor alguns dias desliguei-me de tudo. Durante dez dias não vi televisão, não ouvi rádio, não li o jornal diariamente como de costume. Convivi sem no meio da natureza apesar de não estar muito longe de uma cidade.

Meu sono era embalado com o cantar das galinhas d' angola, que mesmo durante a noite faz um tremendo barulho. Com o mugido das vacas chamando seus bezerros que estão isolados para no outro dia bem cedo ser ordenadas fornecendo o mais puro dos leites - nada de soda caústica.

Nos fundos do sítio, uma bela represa que apesar da seca ainda tem baste peixe parte do complexo de "Águas Vermelha." Bateria recarregadas é hora de voltar ao batente e encarar a vida barulhenta da metrópole não vendo a hora de retornar naquele recanto de paz e tranquilidade... Enquanto isso...

16 novembro 2007

>Vítima fatal

Foto: J.AraújoMais uma vez ao que tudo indica a imprudência fez mais uma vítima no caótico trânsito da Av John Boyd Dunlop. Dessa vez o fato ocorreu na saída do Jardim Ipaussurama - Campinas, SP próximo ao Hospital e Maternidade Celso Pierro. (Pucc II).

Um motociclista perdeu a vida ao se envolver em mais um acidente com um caminhão. Com isso engrossa ainda mais as estatísticas desse meio de transporte na cidade.

Esse não é o primeiro nem será o ultimo acidente com vítima no local que já registrou outros com outras vítimas, também de atropelamentos. Enquanto o poder público não tomar as devidas providencias, sinalizando o local de maneira mais eficiente com semáforos, as mortes vai continuar acontecendo.

Já passou da hora dos responsáveis pelo trânsito na cidade se mexer e enxergar o quanto o local é perigoso. Enquanto isso não ocorre outras vitimas entrarão para engrossar o rol macabro das estatísticas.

15 novembro 2007

>Rifaina-SP

                                                                                                      Foto: J. Araújo

Terra de gente simples e hospitaleira. Não conhecia, mas, adorei conhece-la. É uma cidadezinha com pouco mais de três mil habitantes, a 68 km de Franca na divisa de MG. Dispõe de uma bela paisagem formada por uma represa formada de água doce onde é possível nadar em suas águas cristalinas. Vale a pena conhecer e tomar uma excelente cerveja gelada e uma porção de filé de tilápia no Bar Mocotó  comandado pelo seo Antonio e família. Está dada a dica.

Foto: J. Araújo
Estas é a meia porção de filé de tilápia linguiça e batata. Ah, o preço é um dos melhores, vale a pena conferir.
Imagem: J Araújo
Esta é a vista que você vai ter sentados nas messas tomando sua cerveja bem gelada.



>Vista aérea

Foto: J. Araújo
Visão que se tem a partir do topo
Foto: J.Araújo
Pico Tromba D'Anta, com altitude de 1.875 mts da base ao topo. Integra o Parque Estadual Serra do Brigadeiro com várias nascentes de águas cristalinas em seu entorno. jan/2007





Foto: J. Araújo
Foto 2 mostrando o topo da montanha.



>Como estão sendo tratados nossos idosos

Os idosos merecem respeito e atenção. As pessoas idosas por mais que se tenha feito ainda a muito que fazer por elas. Muitas vezes são maltratadas, dentro do próprio ambiente onde moram, até pelos próprios familiares. Precisamos cuidar melhor dos nossos velhos. São pessoas que batalharam muito na vida sem as facilidades existentes hoje criando seus filhos, netos e às vezes bisnetos, para ajudar esse país em seu desenvolvimento. Hoje existem centenas de idosos esquecidos nas ruas das grandes cidades ou até mesmo em casas ditas de repousos que, na verdade, existem como meio de exploração, onde muitos vivem sem o mínimo de conforto.

Estou tocando no assunto porque conheci uma senhora de cento e três anos de idade, ainda muito lúcida. Bem cuidada pela família o que deveria ser a regra geral. Fiz questão de abraça-la. Naquele momento fiquei imaginando quantas histórias essa velha guerreira tem para contar. E contou algumas delas. Dona Leonilda disse que em seu tempo não existia máquinas de lavar não, nem tanques, nada disso. Morava na roça e ia juntamente com várias amigas e vizinhas lavar a roupa no rio, em água corrente e batia as roupas nas pedras. E admirava a facilidade existente hoje e mesmo assim as mulheres reclamam. Disse a sabia senhora.

Comecei desejando a ela saúde que apesar da idade avançada não está das piores. Claro, toma seus medicamentos para controle da pressão arterial, mas nada de se alarmar. Tem pessoas bem mais jovens que tomam mais remédios do que aquela senhora. O pior de tudo isso é que a dona Leonilda adora fumar o seu cachimbo de fumo de corda, não fica sem ele de jeito nenhum. Disse. Como explicar?

Vi naquela mulher o rosto da minha mãe já falecida – não que minha mãe fumasse. cachimbo menos ainda - pela minha mente passou um filme em questão de segundos. Que bom “ter” aquela senhora contando um pouco da sua história de vida depois de mais de um século de existência. Contou-me que em sua época ia lavar roupa no rio e na hora de esfregar usava sabugo de milho para tirar a sujeira mais pesada. Enquanto nos dias de hoje tudo é facilitado através das modernas lavadoras de roupas. E diz “ela: - “mesmo assim as mulheres de hoje ainda” reclamam” até comida pronta elas compram. Não quer ter nenhum trabalho. É isso ai dona Leonilda!

>Pedra do cruzeiro

Imagens: J AraújoEsta bela imagem foi captada em Dezembro de 2005, em minhas férias, em Minas Gerais. Em lugarzinho escondido de tudo, Município de Sericita - Distrito de Sant' Ana. (abaixo)
É difícil descrever o lugar, as paisagens falam por si só. A região, como a maior parte do Estado é montanhosa com suas belas cachoeiras de águas cristalinas
Região Sudoeste de Minas Gerais e, região Norte da Zona da Mata mineira. O local ainda não é explorado pelo eco-turismo rural. Que pena! Quem não conhece precisa conhecer essas maravilhas da natureza.

Ah! Como a religiosidade do povo geralmente é medida pelo esforço no topo desta montanha existe um cruzeiro fincado onde de tempos em tempos é celebrada uma missa com a presença de vários romeiros.

História
Em 1741, índios botocudos atacam e destroem os povoados de Casa da Casca e Rio Santana. Expedições de bandeirantes são organizadas, e o povoado de Santana é reconstruído. No seu território, surge uma povoação chamada Jequitibá. Em 1917, Jequitibá passa a distrito. Em 1923, muda sua denominação para Itaporanga e, após vinte anos, o distrito passa a ser chamado de Sericita, sendo emancipado em 1962, com o seu território desmembrado de Abre-Campo.
Geografia
Sua população estimada em 2004 era de 7.302 habitantes.

Terceiro produtor de café, leite e gado de corte de sua microrregião econômica, o município está na Zona da Mata, em pleno maciço da Cordilheira do Espinhaço, sendo a Serra do Cantagalo sua principal elevação com 1870 m de altitude, Sericita também pertende ao Parque Estadual Serra do Brigadeiro, e à Bacia do Rio Doce, e o Ribeirão Santana, que banha a sede municipal, é o principal em sua hidrografia.

Tem 194 quilômetros quadrados de área, e dista 274 quilômetros de Belo Horizonte. Santa Rita é a padroeira.

Revolução de 32

A setenta e cinco anos eclodiam a Revolução de 32 como ficou conhecida, devido à insatisfação do povo brasileiro, em especial o povo paulista, para com a ditadura do Governo Getulio Vargas. Houve o levante e uma grande parcela da população saiu nas ruas para protestar. Daí surgiu a Revolução Constitucionalista de 1932, onde vários combatentes voluntários perderam a vida para exigir do governo uma nova Constituição. Somente dois anos depois tal exigência veio a consolidar.

Isso demonstra o quanto à organização de um povo tem força para exigir dos governantes mudanças em suas atitudes quando esse mesmo povo acha que está na hora de pedir mudanças. Isto serve como uma grande lição de cidadania para aqueles que pensa que somente com gritos isolados vamos conseguir mudar alguma coisa. Olhando o cenário atual precisávamos levantar nossa voz que sozinha se perde no vento.

Não necessariamente desencadeando uma luta armada como aquela da revolução, onde as armas foram à resposta dada ao governo, mas sim uma revolução de idéias onde o povo tomaria as ruas de todo país para exigir mudanças profundas em nosso sistema político e dizer aos nossos governantes que chega de corrupção e impunidade. É chegada a hora de demonstrar que o povo brasileiro está tão insatisfeito com tanta corrupção e impunidade que o ultimo recurso seria tomar as ruas do país demonstrando com isso que todo poder emana do povo e esse povo exige respeito e pede mudanças urgentes.

A mulher e suas conquistas

Foi o tempo em que a mulher era considerada pura e simplesmente a "rainha do lar" cantada em prosa e verso. O papel da mulher era ser dona de casa criar e cuidar dos filhos, muitas vezes, submissa aos caprichos masculinos. Os tempos mudaram.

A mulher vem, principalmente nas últimas décadas, evoluindo com uma espantosa rapidez em várias partes do mundo, conquistando espaços antes nunca imaginados. Contrariando a teoria de sexo frágil, a mulher hoje vai conquistando cada vez mais o concorrido mercado de trabalho, antes dominado exclusivamente pelo homem.
Apesar de disputar em igualdade de condições, na maioria das vezes, a remuneração da mulher é diferenciada mesmo exercendo as mesmas funções. Isto quer dizer que mesmo após muitas conquistas, principalmente, no mercado de trabalho a mulher precisa ficar atenta e lutar muito ainda pela plena igualdade de condições e valorização da sua mão de obra.
Em outros tempos não imaginávamos que ela antes conhecida como "prenda doméstica" sairia do anonimato para assumir de vez posição de destaque e responsabilidade sem deixar de ser mãe e esposa ao mesmo tempo. É o início de novos tempos.

>Incompetência

Fiquei alguns dias fora do ar sem comunicação por incompetência da companhia telefônica. Como sempre pagamos e caro por um serviço de péssima qualidade. Estou voltando espero poder compartilhar mais idéias com os amigos da rede.

27 outubro 2007

>Operações Policiais

Foto: J. AraújoA Policia Federal e seu acervo de nomes de operações policiais; vejam algumas delas e o que investigaram.

Vampiro: fraude em licitação de hemoderivados do sangue;

Navalha: venda de sentenças judiciais favoráveis aos jogos ilegais;

Sanguessuga: compra superfaturada de ambulâncias com dinheiro público;

Hidra: combate ao contrabando, isto é, comparável a uma válvula de descarga;

Anaconda: venda de sentenças judiciais;

Zaqueu: corrupção nas delegacias do trabalho;

Matusalém e Zumbi: fraudes no INSS;

Águia e Planador: tráfico internacional de drogas;

Lince: extração ilegal de diamantes;

Lince 2: adulteração de combustíveis e roubo de carga.

Farol da Colina: remessa ilegal de dinheiro para o exterior;

Soro: falsificação de leite em pó;

Sucuri e Trânsito livre: facilitação de contrabando;

Pandora: extorsão de empresários;

Isaías: extração ilegal de madeira.


Vivemos num país das operações. Estou falando das operações policiais que pipoca todos os dias na grande imprensa. São tantas que não dá pra guardar o nome de todas elas.

Resolvi pesquisar algumas e encontrei dezenas delas. Abaixo uma pequena amostra. Está acontecendo também uma operação na FUNASA (Fundação Nacional da Saúde) apurando fraude em licitações.

Haja dinheiro público pra tanta roubalheira. Temos ainda em andamento, já com resultados conhecidos, a ‘Operação Ouro branco’ que trata da adulteração do nosso leite de todo dia. Também relacionada à saúde.

Até isso os gatunos fazem... Também não é de se admirar. Sempre tem alguém levando vantagem em tudo isso. Que no caso não é o consumidor. Esse! Coitado.

Só sai no prejuízo como sempre, ainda, pra piorar está colocando a saúde em risco. Agora imagina só! Você vai à padaria e compra seu leite - para fortalecer os ossos...

Com certeza achando que está ingerido um produto saudável rico em cálcio e outras vitaminas.

Quando na verdade, por culpa e irresponsabilidade de pessoas sem nenhum escrúpulo, empresários e funcionários públicos corruptos.

Diante de tudo isso você na verdade está – junto com o leite – ingerindo soda caústica que ao contrario pode ajudar a derreter os ossos.

Assim é demais. Para uma país onde há tantas operações realizadas, pela Polícia Federal, pode contar nos dedos os envolvidos que se encontra realmente presas.

A culpa não é da polícia, mas sim da nossa justiça cheia de brechas. Esperar o que se as leis são feitas pelos nossos políticos, que na maioria das operações, sempre tem algum envolvido?

Será que foi a pressa?

Foto: Rogério Casimiro/Folha Imagem

O acidente com o avião da Tam ocorrido em 17/07/2007, no Aeroporto de Congonhas demonstram a falta de respeito das autoridades que controlam os aeroportos. Agora se tem noticia de que a ANAC (Agencia Nacional de Aviação Civil) tenha tido um rombo de mais de R$ 500 milhões.

“A pressa em entregar a pista do aeroporto Congonhas causou um acidente de enormes proporções que neste momento estima-se em 200 pessoas”.
Nos últimos anos vários aeroportos do Brasil foram reformados e gastaram-se bilhões nesta reforma, mas então como explicar tantos acidentes?

O dinheiro foi gasto em reforma na parte comercial dos aeroportos, ou seja, os bilhões foram gastos em reforma e ampliação dos shopings dos aeroportos, também foram gastos milhões em superfaturamento de equipamentos dos aeroportos.
Destes milhões pouco sobrou para compra de equipamentos como o ILS 3 (sistema de aproximação por instrumentos) e para reforma da pista.

Esta pista de Congonhas foi reformada devido à derrapagem de vários aviões e ontem ainda houve mais um acidente e nenhuma autoridade interditou a pista. A reforma foi entregue sem estar terminada, sem as “ranhuras” que escoam a água da chuva. Ganância política para entregar um aeroporto que precisava “fazer bonito” nos jogos Pan-Americanos, sem levar em conta que a corrupção solapou a seriedade da obra. E agora vamos lamentar mais estas 200 vítimas e ninguém vai preso, ninguém vai pagar por isto? Onde estão as autoridades? Onde está a justiça?

Primeiro foi o vôo 1907 da Gol e agora este vôo 3054 da Tam. Quase 400 vítimas inocentes deste descalabro em que se encontra do Brasil, vítimas do arrocho para pagar juros aos banqueiros e o que sobra do nosso imposto é desviado para a corrupção. Até quando nós contribuintes, que pagamos pesados impostos, vamos tolerar mais esta tragédia provocada por estas autoridades incomPeTentes “?”.

Texto extraído do Blog: http://www.amorordemeprogresso.zip.net/

24 outubro 2007

Não sou Poeta!

web
Não sou poeta, sou apenas um misturador de palavras. Um caipira que não sabendo como expressar falando tenta transmitir a mensagem através dessa mistura de letras.

Sem nenhuma pretensão consegue  às vezes ainda alguns corações um pouco mais sensíveis  que, como o meu tem muito amor ainda escondido.
Quem me dera pudesse com tantas palavras soltas ao vento tocar em especial seu coração que mesmo não querendo admitir guarda também um amor mesmo que secreto.
Inventaria mil e uma maneiras de expressar o mais puro sentimento, através dos mais belos poemas, guardados em algum lugar do passado.
Que mesmo quase apagados pelo tempo  está bem vivo na memória.  Mesmo aqueles que não foram escritos, ainda, por nenhum poeta.
Nessa mistura despretensiosa surge a tensão e a angústia de não agrada, principalmente, você. 
Queria, sim, ser poeta  e, experimentar a sensação  de  tocar o  coração  de  muitas  pessoas,  somente  com  as  palavras  por mais  insensíveis  que  fossem. Queria, sim, ter o poder de penetrar na alma do ser humano através das palavras.
Que pena!  Não sou poeta.

J Araújo

23 outubro 2007

Prorrogação(maldita)

Como era de se esperar a CPMF, (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) mais conhecida como “imposto do cheque” foi prorrogado por mais quatro anos sobre as bênçãos da (CCJ) Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o governo obteve nova vitória para continuar cobrando de todos aqueles que usa o talão de cheque.
Isto quer dizer que até 2011 está garantida mais essa mordida do governo em nosso bolso. Segundo dados a CPMF rende aos cofres do governo R$ 40 bilhões ao ano, (para quem era contra) hoje é considerada estratégica pelo governo Lula. Para a aprovação, pois em prática a estratégia de emendas do orçamento e a nomeação de apadrinhados dos aliados para o segundo escalão. O ex-prefeito do Rio, Luiz Paulo Conde indicado para a presidência de Furnas foi apenas um dos muitos arranjos para aprovação da dita cuja contribuição, até por que o presidente Lula não queria o mesmo.
Mas na política é assim mesmo, o que menos importa é competência, o importante mesmo é à vontade do governo nem que para isso tenha que lotear o Brasil. Num primeiro momento cogitou que o bolo da CPMF fosse repartido entre estados e municípios o que não vingou.
A CPMF foi criada para investimentos na saúde e hoje faz parte do bolo de arrecadação enquanto a saúde continua pedindo socorro.
O triste de tudo isso é que o agora presidente era um ferrenho opositor do imposto do cheque quando era oposição. “Quem em sã consciência acha que o governo pode prescindir de R$ 38 bilhões por ano? Se não tiver vai ter que cortar de outra coisa”, disse Lula, “igual a seu salário, se tirar 50% é a mesma coisa”, completou. Quem te viu e quem te vê!

Comentário

[Rio de Janeiro, RJ,Brasil]
Achei maravilhoso o que você escreveu, até porque faço parte desse seu pensamento, sou a sua amiga virtual em que você se refere com carinho, ficamos minutos, horas conversando, onde se fala os mais diversos assuntos.Fazendo com que, de uma certa forma venha contribuir para as nossas vidas. Parabéns meu amigo virtual por saber tão bem, juntar todas as palavras radiadas com sua sabedoria e coloca-las para nós com tanto carinho. Ah! Se todos aprendessem com você, teríamos um povo mais feliz. Um beijo no coração da sua amiga virtual.
(Gel )Rio de Janeiro,RJ,Brasil 16/10/2007 24:58

22 outubro 2007

Palavras(crônica)

Não vivemos somente de palavras, mas de ações. Tentei inventar palavras, não consegui. Todas as palavras já foram usadas. Recorri ao dicionário não encontrei as mais bonitas, consultei os arquivos de minha memória, tinha palavras, mas não saia! Não sabia como exprimi-las. Entrei em desespero, o que fazer agora?

Não encontrava as palavras mais belas que pudessem expressar todos os meus medos, angústia, alegria, tristeza, encontros, desencontros, esperanças e frustrações desse ano que ora finda. Mesmo assim valeu a pena! Nesses tempos de dúvidas e incertezas vi pessoas aparentemente alegres e felizes. Todas tinham algum motivo para demonstrar esse sentimento.

Mas também presenciei o dobro delas tristes e infelizes por algum motivo. Algumas em prantos. A vida é assim mesmo, não é feita somente de alegria. Eu, muitas vezes impotente, nada pude fazer para aliviar suas dores além de uma palavra amiga quando tive oportunidade e o fiz quando pude. Senti que faltou amor no coração de muitas pessoas.

A violência tantas vezes imperou. Está cada dia mais próximo de cada um de nós pela falta de compreensão e diálogo. Não ouvimos tantas palavras de carinho o quando gostaríamos de ter ouvido. Omitimos também tantas outras por medo de reações contrárias. Faltou muitas vezes a nós mesmos a prática do amor fraterno. Nem por isso deixemos que nossos corações sejam violentados pelo vírus do ódio.

Mas que sejam invadidos, sim com partículas de amor. Que o espírito do Natal possa tocar até mesmo o mais duro dos corações. Para que nele aflore o verdadeiro espírito natalino. Que não deixemos morrer nossas esperanças, mas que possamos renová-las a cada momento de nossa vida. Com certeza contaremos mais um ano em nosso calendário individual como uma grande vitória. E é uma vitória! Que Deus derrame suas bênçãos em cada um de nós mesmo sabendo que não temos tantas palavras bonitas em nosso pobre vocabulário. Mas sabe muito bem o que guardamos em nossos corações.

Nem sempre foi assim...

Os tempos mudaram, as pessoas também mudaram, o clima mudou. Hoje não somos mais os mesmos por mais que não concordamos com isso. Nem sempre foi assim.

A tecnologia moderna chegou mudando regras e comportamentos. O ser humano hoje, infelizmente, está em segundo plano na escala das prioridades temos que adaptarmos a esse novo tempo. Tempo de violência, desconfiança e incertezas. Nem sempre foi assim.

Qual de nós já não teve dias memoráveis em nossa vida correndo livremente? Nos dias de hoje isso é quase impossível, a desconfiança e o medo tomou conta de todos sem distinção de raça ou classe social. Nem sempre foi assim.

Os tempos são outros, precisamos ficar atentos ao nosso redor a cada passo dado. Vivemos acuados com medo de tudo e de todos esperando a morte chegar. Parece que está cada vez mais perto. Nem sempre foi assim.

J. Araújo



18/05/05

Postagem em destaque

>Os vândalos e as mentiras dos nossos políticos

Uma folheada no jornal  de hoje fiquei indignado com algumas noticias. Uma delas dava conta do ataque de vândalos a dez ônibus do transp...