>As vítimas da intolerancia

Tinga
Vivemos em um país onde a miscigenação é uma realidade. Somos uma mistura de raças única no mundo. Somos um país amante do futebol, que mesmo não sendo o esporte originário aqui da terra somos o único pentacampeão do mundo.

Dominamos a bola como ninguém, temos grandes jogadores respeitados e conhecidos no mundo inteiro por causa do futebol. Mas, os último acontecimentos dentro dos campos de futebol tem nos deixados tristes e preocupados.  O primeiro deles é a violência praticada entre as torcidas organizadas que, na maioria das vezes, não passa de um bando de baderneiros praticantes das maiores selvagerias, onde a violência impera.

Arouca
Quantas pessoas já morreram vítimas desses bandos de predadores de vidas de pessoas também torcedores de times adversários. Esse tipo de gente, se assim pode ser chamados, deveria permanecer isolados atrás das grades de uma prisão. Onde está a nossa justiça que deveria proibir esses monstros de entrar em estádios em dias de jogos.
Outro tipo de violência não menos grave é as manifestações racistas, contra alguns jogadores, que tem partido de alguns torcedores. 

O jogador Tinga, hoje no Cruzeiro, foi vítima dessa prática covarde por parte da torcida do Real Garcilaso do Peru. O ultimo a sofrer foi Arouca, jogador do Santos Futebol Clube, em jogo contra o Mogi Mirim, que também foi vítima de manifestações racistas. Sou contra a punição que na maioria das vezes são imputadas aos clubes, a punição severa deveria ser sim a aqueles que praticam.

Antes de qualquer coisa, somos todos seres humanos, que merece o respeito de quem quer que seja. A cor da pele é somente mais um detalhe. Na hora da morte, tanto o branco quanto o negro tem o mesmo fim. O sangue que sai das veias de um ou do outro é vermelho, todos os dois a terra vai comer, virar pó. Por que aquele branco ignorante pode achar que é melhor que o negro.


(a)          J Araújo 

Comentários

  1. Oi J. Este tema já foi discutido à exaustão por muitos pensadores, principalmente os europeus, que se escandalizavam com os hollygans (não sei se é assim que se escreve). Já foi dito que se trata de perversão (tal como o nazismo) essa incapacidade de administrar o ego (espremido pelos desejos insaciáveis do id, a sanha repressora do superego e as normas moralistas da sociedade). São gente que não se humanizaram e usam essas possibilidades para manifestar toda sua incompletude.Alienação no lazer: pois pensam que se divertem dessa maneira.
    São sim culpados e pouco se faz para conter esses crimes, mas quem da sociedade se move para que algo seja feito? Você e eu?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Tudo isto que observamos; intolerância, preconceito, racismo são atitudes de quem só vê o que é espelho, mentes doentes... se alimentam do ódio...
    não tem o respeito para com o outro...em uma outra ocasião eu fiz o um poema cujo o titulo é: Os muros " O eu fez um muro/ não quero enxergar o outro, o eu não percebo o outro/ o eu aniquila o se dar o se doar/ sua tentação e ação excluir o outro/ o homem e suas escolhas/ O eu está ausente... egoistamente ausente... seu narcisismo são dores... "São pelos frutos que se conhece a árvore" .

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários ofensivos ou considerados preconceituosos não serão publicados. Este espaço presa pelo respeito às diversidades, porém se mantém o direito de publicar ou não opiniões que venham a ofender a honra de qualquer pessoa que seja. De acordo com interpretações legais o administrador desse blog responde solidariamente pelos comentários aqui publicados.

Postagens mais visitadas deste blog

>Sonho de garimpo

>Fatos sobre o ano em que nasci

>Ladrão rouba farmácia e acaba sendo roubado